Arquivos para posts com tag: brasil

Sábado aconteceu mais um evento do Grupo de Estudo da Cultura Chinesa em Brasília com a palestra Programas Espaciais Brasil/China – Aspectos, Similaridades, Perspectivas com o Capitão Lúcio Alexandre Cavalcante. Foi muito interessante.

Poucos países no mundo conseguiram suportar investimentos em pesquisas espaciais. Durante esse desenvolvimento muitas pessoas morrem em testes de lançamento de foguetes. O Capitão Lúcio Alexandre Cavalcante falará sobre as origens, similaridades e perspectivas dos programas espaciais chinês e brasileiro, incluindo clips de lançamentos de foguetes em Shanghai e Rio Grande
do Norte, respectivamente. Comparará as famílias de foguetes Sonda/VLS (Brasil) e Chángzhēng/Long March (China), mencionando a principal cooperação espacial entre o Brasil e a China, que ocorreu em julho de 1988.

O Capitão Lúcio, natural de Fortaleza – CE, economista formado pela UFRN – Natal e oficial especialista em comunicações pelo Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), foi chefe da Subdivisão de Telecomunicações Aeronáuticas do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), de 1999 a 2011, e encarregado da operação e manutenção de Radares de Rastreamento de Foguetes no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), de 1975 a 1999. Ademais, participou
de 1.165 operações de lançamento de foguetes no CLBI, no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) e no Centro Espacial Guianense (CSG).

Primeiro sábado de fevereiro haverá outro encontro, possivelmente com a exibição de um filme chinês.

Abaixo fotos que fiz no dia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Amanhã, dia 21 de setembro começa a 7º do Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco 2011, que vai até o dia 25 de setembro e tem este ano o tema #Futuro.

É praticamente O evento da fotografia no Brasil, aquele que todos fazem planos durante o ano e estão excitados com o ínicio para estarem imersos dia e noite numa cultura fotográfica espalhada pela cidade, com todas as projeções, cursos, palestras e papo de boteco que possa haver.

Só que eu conheço no mínimo umas 10 pessoas daqui de Brasília já estão preparadas nos arredores ou em Paraty e outras tantas como eu que ficam em seus locais só no desejo e lamentação por diversas razões. Enfim, quem sabe ano que vem estarei lá! É bom, mais tempo para me preparar, ter bagagem para poder aproveitar e compartilhar melhor todo esse grande evento.

Que aproveitem bastante todos que foram ou estão indo. E quem não pôde ir como eu ou nem conhecia o evento, saiba mais no http://paratyemfoco.com/ e se prepare para o ano que vem!